Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se Isto Não É Um Blog

Quantidade absurda de parvoíces, recheada com comédia e apresentada em forma de crónicas, artigo ou desabafo

Se Isto Não É Um Blog

Quantidade absurda de parvoíces, recheada com comédia e apresentada em forma de crónicas, artigo ou desabafo

Sex | 29.06.18

Recomendado por um parvo (Junho 2018)

Sem Título-1.png

 

 

Bem vindos a um novo quadro neste Blog. Aqui vão poder contar com recomendações a nível de podcasts, música, livros, filmes, séries, blogs, sites e outras coisas interessantes. Ah, e claro, todas estas coisas são recomendadas por um parvo, que sou eu.

 

1986

 

transferir.jpg

 

 

Que série! Espetacular! Sinceramente não estava nada à espera. Quer dizer, estava e não estava. Já me tinham recomendado isto aproximadamente 7463528, portanto devia de ser boa. Até digo mais: esta é a melhor série que já vi. Até porque é a única que eu vi até ao fim.

Não fazendo eu parte da geração dos 80's, é certo que houve certas referências que não percebi ou não me tocaram da mesma forma que tocaram a outras pessoas que viveram nessa época, mas fez-me pesquisar sobre as mesmas.

Propz para o Nuno Markl por esta magnifica série cheia de comédia (ri mais com esta série do com Seinfeld (mas também ainda não acabei de ver Seinfeld (engraçado, fiz um parênteses dentro de um parênteses, dentro de um parênteses))).

Recomendo muito.

 

O Processo

 

250x.jpg

 

 

Eu vou explicar: este livro (O Processo) foi escrito por um senhor já falecido chamado Franz Kafka (não vou dizer a nacionalidade do autor porque ele nasceu no séc. XIX lá no império Austro-Húngaro e portanto não sei se é Austríaco ou Húngaro, e na Wikipédia diz que é na atual Rep. Checa e portanto, no meio de tantos países, é muito provável que exista a probabilidade de ter nascido no Haiti também) que é, na minha opinião, um génio.

Já é o segundo livro que leio de Kafka (o primeiro foi "A Metamorfose") e a minha reação ao acabar o livro foi exatamente a mesma da que tive ao acabar o primeiro. Não percebi um cacete. O seu estilo claustrofóbico e quase que absurdo, faz com que não dê para entender patavina do que está ali. No entanto, e isso é que me faz gostar tanto de Kafka, passado uma semana dá-me sempre um click no meu minúsculo cérebro e eu percebo o que é que o Austriaco/Húngaro/Checo/Haitiano queria dizer com tudo aquilo.

Sem dar spoiler, digo-vos só que se trata da história de Josef K. que está metido num estranho processo e não sabe porquê. Recomendo seriamente, mas só a pessoas que gostem mesmo de ler.

 

Com o Humor Não se Brinca

 

620c-2664-42e3-b02f-705c3b9681b4.jpg

 

 

Um podcast criado por Fernando Alvim e Nélson Nunes, em que todas as semanas há um convidado ligado ao humor. Já passou a marca dos 50 episódios, portanto não devem faltar muitos humoristas por entrevistar. Das três uma: ou acabam com o podcast por não terem mais convidados, ou repetem convidados, ou começam a entrevistar malta menos conhecida tipo eu. Fica a dica.

 

Valete

 

 

valete-1.jpg

 

 

 

O rei da Tuga voltou com dois temas, ou melhor, um tema (Samuel Mira) e uma curta metragem (O 1º MC Português). Ambos são estupidamente fantásticos. O primeiro é uma grande homenagem a outro rapper português, Samuel Mira, mais conhecido por Sam The Kid (autor da banda sonora do filme O Crime do Padre Amaro), e o segundo é uma curta metragem baseada em factos reais.

Entretanto continuo à espera do álbum (que se chamará Homo Libero). Já foi tantas vezes adiado que acho que agora só sai lá para 2078.

 

Por Falar Noutra Coisa

 

vsNLD7vE_400x400.jpg

 

 

 

Não podia deixar de prestar aqui uma sincera homenagem ao Blog que me inspirou a criar este projeto. Não vou falar muito dele. Vou só dizer que é espetacular. Façam clique aqui para darem uma vista de olhos.

 

 

Por este mês é tudo. Entrem com os dois pés no mês de Julho porque se só entrarem com o direito são capazes de cair.